07/08/2020 às 23h07min - Atualizada em 05/05/2021 às 09h26min

Voluntariado ameniza problemas dos menos favorecidos

Nesta pandemia, inúmeras têm sido as ações para auxiliar aqueles que mais precisam. A Gazeta de Pinheiros abre espaço para divulgar alguns destes momentos. Libras Um grupo montou um manual de Libras pras disciplinas de Ciências e Biologia nas escolas. Esse tipo de manual não existia antes e vai ajudar de professores a alunos surdos, assim como a comunidade surda em geral. O material é 100% gratuito e pode ser acessado em https://www.ufpi.br/e-book-edufpi. Rede Bom Prato A Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo anuncia a prorrogação da gratuidade na rede Bom Prato para a população em situação de rua, visando garantir a segurança alimentar deste público durante a pandemia da Covid-19. Até o dia 30 de setembro, os restaurantes vão permanecer atendendo gratuitamente as pessoas devidamente cadastradas pelos municípios. Desde o início da pandemia, foram distribuídas mais de 12 milhões de refeições em embalagens descartáveis na rede Bom Prato, sendo mais de 1,3 milhão de cafés da manhã, 8,7 milhões de almoços e 2 milhões de jantares. Deste total, mais de 228 mil foram gratuitas, sendo 55 mil cafés da manhã, 118 mil almoços e 55 mil jantares. A gratuidade nas refeições da rede Bom Prato para pessoas em situação de rua foi iniciada em junho mediante o cadastramento das prefeituras e a apresentação do cartão com QR Code pelos beneficiários nos restaurantes populares. Programa Solidariedade nas Ruas A Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo lançou o programa “Solidariedade nas Ruas” que vai distribuir 70 mil kits com itens de higiene e limpeza em 65 municípios, visando assegurar a proteção sanitária da população em situação de rua. Cada um dos 70 mil kits será composto de máscaras de proteção individual, frascos de álcool em gel e sabonetes. A composição dos kits foi planejada com o intuito de atender integralmente a população em situação de rua, fornecendo itens de higiene e equipamentos de prevenção ao coronavírus. Além disso, na capital paulista, será realizada a entrega de 3,5 toneladas de ração para os cães companheiros das pessoas em situação de rua abrigadas nos Centros Temporários de Acolhimento (CTAs). Cozinhando pela Vida O projeto Cozinhando Pela Vida, ação vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, iniciado no mês de julho, atingiu a marca de 16,3 mil marmitas entregues para a população LGBTQI+ e migrantes em situação de vulnerabilidade. Atualmente, o programa conta com duas entidades habilitadas para a produção, transporte e distribuição dos alimentos, que entregarão juntas 30 mil refeições em oito semanas. Em agosto, o projeto prevê a habilitação de outras entidades para a expansão da produção das refeições. Shopping Pátio Paulista O Shopping Pátio Paulista, administrado pela Ancar Ivanhoe, preocupado com o cenário atual, promove o “Drive-Thru Social”. A ação irá receber roupas em bom estado, em especial itens de inverno e produtos de higiene pessoal. A arrecadação irá até 9 de agosto. Os itens podem ser entregues no estacionamento G2 do Shopping, das 12h às 20h e, àqueles que doarem, ganharão um mimo do shopping, As roupas arrecadadas serão doadas à ONG Anjos da Noite, responsável por um trabalho incrível na madrugada da cidade de São Paulo. O “Drive-Thru Social” aceitará blusas, calças, meias, gorros, cobertas em bom estado e também os produtos de higiene pessoal como escova e pasta de dente, sabonete, toalha. Os itens serão retirados com o auxílio de um promotor, com segurança e utilizando todos os EPIs necessários. “Sabemos o grande potencial que como empreendimento de grande relevância local para promover ações de impacto social e o quanto precisamos unir esforços em um momento tão delicado como este que estamos passando. O nosso primeiro ‘Drive-Thru Social’ irá levar a solidariedade de cada um que doar às mais de 3.200 pessoas que a ONG Anjos da Noite ajuda mensalmente”, destaca Cláudia Lima, gerente de marketing do Shopping Pátio Paulista. Banco de Alimentos A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, abriu edital para o credenciamento de 100 entidades assistenciais e interessadas em receber cestas básicas, insumos, frutas, legumes e verduras do Programa Municipal Banco de Alimentos. As inscrições estão abertas até a próxima terça-feira (14). O credenciamento é exclusivo para organizações da sociedade civil sem fins lucrativos que atuem na cidade de São Paulo. Se aprovada, a entidade será responsável pela distribuição de insumos recebidos pelo Banco de Alimentos, que são destinados para a população em situação de vulnerabilidade social. A organização interessada deve apresentar, em formato digital, uma série de documentos, além do preenchimento de dois anexos. As inscrições serão analisadas por uma Comissão de Avaliação, composta por técnicos e servidores da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho. Caso o edital receba mais de 100 cadastros de entidades aptas a participarem do programa, a comissão utilizará os seguintes critérios para a avaliação das propostas: tempo de atuação da entidade; região em que a organização irá distribuir insumos; público atendido (crianças, mulheres vítimas de violência doméstica, idosos etc); e experiência em atividades de geração de renda. O envio dos documentos deverá ser feito até às 23h59 do dia 14 de julho pelo e-mail [email protected]  


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetadepinheiros.com.br/.