03/12/2022 às 14h58min - Atualizada em 03/12/2022 às 14h58min

Ecoss Ambiental implanta plano para chuvas de verão

Ações preventivas e corretivas são elaboradas com dados de diversas fontes da Prefeitura de São Paulo; cidadão contribui descartando o lixo corretamente

O aumento do volume de chuvas entre os meses de novembro e março tem potencial para provocar inundações e paralisações em vários pontos da cidade de São Paulo. Para minimizar os transtornos e prejuízos a moradores e empresários, a Ecoss Ambiental elaborou um plano de contingência para reduzir o entupimento de bueiros e bocas de lobo na região noroeste da cidade. A empresa presta serviços para cinco subprefeituras da cidade (Butantã, Lapa, Perus, Pinheiros e Pirituba-Jaraguá).
As ações, realizadas de forma integrada, são executadas em locais previamente identificados como críticos, a partir do Mapa Geral de Localização de Pontos de Alagamentos, com histórico de índices de chuvas dos últimos três anos registrados no Infocidade, base de dados da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano. O plano também agrega informações da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE).
As ações são divididas em preventivas e corretivas. No primeiro grupo, a Ecoss Ambiental antecipa a execução de serviços de sua responsabilidade, como o recolhimento de resíduos de varrição e de resíduos descartados em pontos críticos e viciados, além de intensificar a limpeza de bueiros e bocas de lobo.  

Bueiros e ramais
Em diversos locais, as bocas de lobo têm sua capacidade de escoamento de chuvas reduzida devido ao lixo descartado irregularmente nas ruas da cidade, mas ocorre também de o entupimento estar localizado no ramal de escoamento da água das chuvas. Quando os profissionais se deparam com o ramal da tubulação entupido, a informação é repassada para a subprefeitura local para acionamento do prestador responsável pelo serviço de hidrojato.
Na área de atuação da Ecoss Ambiental, há 64 pontos considerados críticos e 200 pontos que recebem atenção especial. Entre localidades que costumeiramente apresentam problemas estão as grades que ficam na avenida Sumaré e as imediações do Mercado da Lapa, na região da subprefeitura da Lapa, e os arredores do Beco do Batman, na área de subprefeitura de Pinheiros.
Dentre as ações corretivas, ou seja, após inundações, os serviços prestados pela Ecoss Ambiental incluem plantão de emergência, limpeza geral das áreas de enchentes, raspagem e lavagem de vias e logradouros públicos, coleta de materiais diversos, inclusive móveis perdidos por moradores, e desobstrução de bueiros e bocas de lobo.
É importante que o cidadão participe das ações promovidas pela Prefeitura deSão Paulo, não descartando o lixo domiciliar na rua em períodos de chuva intensa, aguardando o horário mais próximo da coleta para fazê-lo antes da passagem do caminhão da empresa responsável pela coleta domiciliar, a Loga.

Serviço: para saber dias e turnos da prestação de serviços de limpeza urbana na sua rua, acesse ecossambiental.com.br/servicos/pesquisa-de-servicos. Para conhecer os dias e horários da coleta de recicláveis e do serviço de coleta domiciliar no seu endereço, acesse https://www.loga.com.br/ e clique no link “quando é minha coleta?”

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetadepinheiros.com.br/.