08/12/2023 às 11h26min - Atualizada em 09/12/2023 às 00h00min

Os 3 Pontos turísticos mais visitados no Estado do Espírito Santo

Conheça os 3 pontos turísticos mais visitados no Estado do Espírito Santo e planeje sua viagem para esse lugar incrível.

Victor
Capixaba da Gema
O Estado do Espírito Santo, situado na região sudeste do Brasil, é abençoado por uma rica diversidade natural e cultural, oferecendo aos visitantes experiências memoráveis em seus diversos pontos turísticos.
Entre as inúmeras opções de destinos encantadores, destacam-se três lugares que se destacam como os mais visitados e admirados pelos turistas: Itaúnas, Pedra Azul e Itaipava.
Cada um desses destinos proporciona uma imersão única na exuberância da natureza capixaba, combinando paisagens deslumbrantes, patrimônios históricos e uma atmosfera envolvente que cativa todos que têm o privilégio de explorar essas maravilhas. Venha conosco descobrir as maravilhas que fazem do Espírito Santo um destino turístico tão especial.

3º - Itaúnas: Natureza, História e Praias Deslumbrantes
 
Itaúnas, a encantadora vila no litoral do Espírito Santo, é conhecida por suas dunas imponentes, forró envolvente e agora, suas praias deslumbrantes. Neste guia, vamos explorar as belezas naturais e atrações que fazem de Itaúnas um destino imperdível para os amantes de praia.

Praia de Itaúnas: Uma Jornada através das Dunas

A Praia de Itaúnas, acessada atravessando as dunas douradas que circundam a vila, oferece uma experiência única e inesquecível.
Apesar da caminhada desafiadora pela extensão das dunas, a vista panorâmica do alto é recompensadora. De um lado, a praia se estende, enquanto do outro, o rio Itaúnas serpenteia pela paisagem.
 
Durante a caminhada, os aventureiros têm a chance de explorar sítios arqueológicos que preservam desde vestígios de civilizações pré-colombianas até as ruínas da antiga vila, visíveis conforme as dunas se movem ao longo do tempo. 

Pôr do sol nas dunas

A tarde na Praia de Itaúnas oferece um espetáculo inesquecível: o pôr do sol nas dunas. Subir até o topo das dunas ao entardecer proporciona uma visão mágica, onde o contraste entre a areia dourada, o azul do mar e o céu pintado de tons quentes cria uma cena digna de uma obra de arte.
 
Museu de Itaúnas
Antes de se aventurar nas praias, uma visita ao Museu de Itaúnas é essencial. O museu abriga uma coleção fascinante de fotografias antigas, objetos e artefatos que contam a rica história da vila e de seus habitantes. Além disso, uma seção dedicada ao Forró revela como o ritmo está entrelaçado à cultura local.

Forró em Itaúnas

Itaúnas ostenta o título de Capital Nacional do Forró, e a tradição do ritmo está enraizada na história da vila. Dois bares emblemáticos, o "Buraco do Tatu" e o "Bar do Forró", comandam as festividades com música ao vivo.
Dizem que, após o fechamento dos bares, os forrozeiros continuam a festa nas praias ou na praça da cidade até o sol raiar.

Festival Nacional de Forró de Itaúnas (FENFIT)

Anualmente, em julho, Itaúnas se transforma no palco do Festival Nacional de Forró de Itaúnas (FENFIT). Este evento eletrizante atrai forrozeiros de todo o Brasil e além, com shows ao vivo, oficinas de dança e competições.
As ruas de Itaúnas ganham vida com música, risos e dança, proporcionando uma experiência única e memorável.
 
Em Itaúnas, as praias são mais do que simples extensões de areia e mar; são o cenário de uma jornada repleta de aventuras, cultura e natureza deslumbrante. Este destino promete não apenas satisfazer os amantes do sol e mar, mas também encantar aqueles em busca de uma experiência única e autêntica.
 
 2º - Pedra Azul
 
Se você busca um refúgio cercado pela natureza exuberante e aventuras emocionantes, Pedra Azul, localizada no município de Domingos Martins, na região serrana do Espírito Santo, é o destino perfeito. Além da imponente Pedra Azul, que se destaca a 1822 metros de altura, a região oferece praias pitorescas, pousadas aconchegantes e experiências únicas para os amantes da natureza.

Mágica Mudança de Cores

 Ao visitar Pedra Azul, testemunhe um espetáculo natural fascinante: a pedra que muda de cor até 36 vezes ao longo do dia.
O guarda florestal, conhecido como guarda Belo, revela que a tonalidade varia entre amarelo, verde e alaranjado, dependendo da incidência de luz solar sobre os líquens presentes na pedra.
 Letreiro Eu Amo Pedra Azul

Hospedagem Charmosa

A localidade abriga diversas opções de hospedagem, desde pousadas charmosas até hotéis luxuosos, proporcionando uma estadia confortável aos visitantes. Experimente a hospitalidade dos moradores locais e desfrute de momentos relaxantes em meio à atmosfera acolhedora.

 Cavalegando em Pedra Azul
 Explore a localidade de uma maneira única ao cavalgar em um cavalo Fjord, uma raça originária da Noruega. Conduzidos pelo rancho Fjordland, esses cavalos dóceis e estilosos oferecem uma experiência memorável para os amantes de equinos. 

Trilhas e piscinas naturais

 Para os aventureiros, o Parque Estadual da Pedra Azul reserva trilhas deslumbrantes que levam a piscinas naturais.
Agende um passeio em grupo e embarque em uma caminhada de 1,2 km pela Mata Atlântica, guiado por guardas florestais locais.
A escalada de um paredão de rocha adiciona uma dose de emoção à jornada, proporcionando uma sensação única de conquista.
 Rota do lagarto
Durante a exploração, descubra histórias e lendas fascinantes da região, como a semelhança de um ponto da Pedra Azul com um lagarto, conferindo à área o apelido de "Rota do Lagarto".
O guarda Belo é um dos conhecidos contadores de histórias que enriquecem a experiência dos visitantes.
 
1º -  Convento da Penha: Um Marco Histórico e Religioso*
 
Localizado em Vila Velha, o Convento da Penha é um tesouro histórico que remonta a 1558. Fundado no alto de um morro de 154 metros, este convento, símbolo do Espírito Santo, oferece uma experiência única aos visitantes.
Sua construção começou em 1568 com uma pequena capela, posteriormente ampliada ao longo dos séculos.
O Convento é dedicado a Nossa Senhora da Penha, padroeira do Estado, e foi tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.
 Vista Panorâmica: Uma Paisagem de tirar o fôlego

12h no Convento da Penha Video no youtube
 
No alto do penhasco, o Convento da Penha proporciona uma vista deslumbrante da Baía de Vitória, da cidade de Vitória e de Vila Velha. Rodeado pela exuberante Mata Atlântica, o local é um convite à contemplação e à apreciação da beleza natural. As varandas do convento oferecem diferentes perspectivas, sendo a janelinha da capela o ponto imperdível para fotos panorâmicas. 

Museu e sala dos milagres

Ao lado do Convento, um pequeno museu guarda um acervo com mais de 400 anos de história. A Sala dos Milagres exibe objetos doados por devotos de Nossa Senhora da Penha, variando de fotografias a próteses, representando a diversidade de graças alcançadas. Este espaço é uma oportunidade única de explorar a devoção e a cultura que cercam o convento.
 Festa da Penha
A Festa da Penha é uma tradição anual que celebra Nossa Senhora da Penha. Com missas, romarias e eventos musicais, a festividade transcende os limites do Convento e anima toda a cidade. A programação diversificada torna essa celebração uma experiência enriquecedora para os visitantes. 

Acesso descomplicado e alternativas convenientes

Para chegar ao Convento da Penha, é possível subir a pé pela Ladeira da Penitência, desfrutando de um percurso cercado pela natureza. Outra opção é subir de carro até o Campinho, onde se inicia uma escadaria de 365 degraus em direção ao convento. Se preferir comodidade, vans na portaria oferecem transporte até o Campinho por um custo acessível de R$ 5.
 
Em suma, o Convento da Penha em Vila Velha é mais do que um marco histórico e religioso; é uma jornada única que combina beleza natural, devoção e história, tornando-se um destino obrigatório para quem visita o Espírito Santo.
 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetadepinheiros.com.br/.