21/12/2023 às 21h12min - Atualizada em 21/12/2023 às 21h12min

​Depois de muita luta o Parque Linear Água Podre Ypuera é entregue no Butantã

O prefeito Ricardo Nunes inaugurou no último dia 15 o Parque Linear Água Podre Ypuera, no Jardim Esmeralda, Butantã. Este é a quinta área verde entregue pela atual gestão municipal, na qual foram investidos R$ 6,6 milhões. Até o fim de 2014 a população poderá contar com mais cinco parques na capital.

Área de Preservação Permanente
O principal objetivo foi transformar o espaço urbano, que ocupa uma área de preservação permanente, em um parque. Sempre focando na recuperação de funções ambientais da região e garantindo áreas permeáveis, além de preservar a vegetação e ser mais uma opção de lazer e bem-estar dos munícipes. “São Paulo tinha 48% de área de cobertura vegetal e hoje tem 54,14%, com a inauguração deste espaço. É mais da metade da área de cobertura vegetal. As pessoas não podem falar que São Paulo é uma selva de pedra”, enfatizou o Ricardo Nunes.

Reintegração de área invadida
O prefeito ainda destacou que o local, cujo nome significa ‘água podre’ na língua Tupi Guarani, era uma área invadida. “Fizemos a reintegração e, a partir de hoje, a população conta com um espaço de 38 mil metros quadrados. É de fundamental importância para as pessoas terem seu momento de lazer, aproveitar com a família e preservar o meio ambiente”. O ‘Jornal do Butantã’ registra o trabalho também do subprefeito do Butantã, na época Ricardo Granja, que da data de 9 de julho de 2018, enfrentou junto com a Defesa Civil, PM e GCM, os invasores que destruíram a área verde, mas que após muito diálogo e reuniões, se retiraram do local, que hoje revitalizado é mais um parque formado para o bairro

Despoluição
No Parque Água Podre Ypuera estão localizadas as três nascentes do córrego da região, que leva o mesmo nome. As obras de despoluição do riacho estão no âmbito do Programa Córrego Limpo. Criado em 2007, é fruto de uma parceria entre o Governo do Estado de São Paulo, a Prefeitura São Paulo e SABESP. Tem como objetivo principal recuperar a qualidade da água em córregos urbanos da cidade de São Paulo.

Estrutura
Por diversas vezes o local foi alvo de tentativas de ocupações irregulares. Sua instalação valoriza todo o seu entorno, do qual também faz parte o CEU Butantã, que oferece educação para a população.
A infraestrutura do Água Podre Ypuera conta com guarita de vigilância na entrada principal, para controle de acesso. Já na primeira parte da área verde há uma clareira para eventos e utilizações variadas, contendo áreas de estar. A praça central é integrada a um deck com arquibancada para apresentações, além do edifício-sede. Brinquedos inclusivos estão à disposição das crianças. Além disso, há academias ao ar livre, com equipamentos de ginástica e também um mirante.
"Estamos cumprindo a determinação do prefeito Ricardo Nunes, de tornar a cidade mais verde e inclusiva. Aqui houve um trabalho incrível das equipes de manejo, que plantaram 23 mil mudas e continuam realizando essa atividade. Esta é uma conquista da população desta região. secretário do verde e meio ambiente, Rodrigo Ravena.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetadepinheiros.com.br/.