11/12/2023 às 14h19min - Atualizada em 13/12/2023 às 00h00min

Catharina Bravin ressignifica “Chorando Se Foi” em clipe sensual que antecipa EP “Saliva”

Cantora traz olhar pop para um clássico da lambada

Daniel Corrêa
Divulgação

A cantora e compositora Catharina Bravin mescla as suas múltiplas raízes ao reinterpretar um dos pilares da musicalidade latina com toque brasileiríssimo. “Chorando Se Foi” traz o seu olhar cheio de libido para uma canção que já integra o imaginário popular, mas agora completamente repaginada em sua letra e sonoridade. O resultado é um single já disponível em todas as plataformas de música e um clipe quente que promete elevar as temperaturas do verão. 

Assista a “Chorando Se Foi”: https://youtu.be/M9SYy3LTdhg

Ouça “Chorando Se Foi”: https://song.link/br/i/1716434793

Catharina nasceu no Pará e por uma década no Maranhão. São estados onde a cultura da lambada faz parte do DNA amazônico, porém todo o país conhece a interpretação mais famosa de “Chorando Se Foi” em Português, lançada pelo grupo franco-brasileiro Kaoma. Ela é, também, uma recriação de “Llorando Se Fué”, originalmente composta e gravada pelo grupo boliviano Los Kjarkas em 1981. 

Com uma nova visão sobre a canção, Catharina Bravin mostra uma interpretação própria desse clássico através da vibração do pop. Após lançar dois EPs, a artista está preparando seu próximo trabalho e faz deste single um gostinho do que está por vir no EP “Saliva”.

A música conduz os ouvintes por uma narrativa emotiva de dor, saudade e lembranças. A letra expressa a dualidade de sonhar com o passado enquanto confronta a realidade presente. “Chorando Se Foi” se torna uma reflexão sobre a necessidade percebida do outro, contrastando com a descoberta de que a verdadeira felicidade reside na aceitação do fim. Assim, na narrativa da letra, ela se torna um veículo de superação e evolução pessoal.

O EP “Saliva” não irá se limitar à nostalgia, mas explorará a vitalidade da vida noturna e das festas, marcando uma nova vertente na produção musical de Catharina Bravin. Inspirado pelo calor, umidade, beijo, dança e toque, o trabalho cria uma atmosfera vibrante e festiva que destaca a habilidade da artista em incorporar novas sonoridades de maneira inovadora.

Ao repaginar “Chorando Se Foi”, Catharina Bravin dá forma à capacidade de expressar diferentes facetas de sua experiência pessoal. E com “Saliva”, a artista convidará os ouvintes a uma jornada envolvente, marcada pela coragem de seguir em frente, mesmo quando as lembranças persistem.

 

Ficha técnica: 

Direção e fotografia: Sunday James

Styling: Edivan

Coreografia : Luan Neves

Balé: Ana Paula Rabelo

Beleza : Oko makeup, Stenio Maciel, Algodão doce

Assistente: Kamila

Assistente de produção: Weyla Silva, Paulo Victor

Making off: Ítalo Campos

Figuração: Paulo Victor, Bárbara Cristina, Yhago Sebaz, Gabriel Muller, Charlie, Saulo Bastos, Algodão Doce, Dani Dimond, Dilla, Jessica Lauane, Lauro leite, Saymon Carvalho

Agradecimentos: Vovô Garoto, Nikito Moto Peças 

 

Letra:

Chorando se foi

Porque só me fez chorar (chorar)

Pensei tanto em nós dois (pensei tanto)

E não paro de pensar

 

Ele gostou do swing e rebolo tanto

E deslizo o meu corpo

Na mesma que te olho, te deixo tonto

Para de ser possessivo e deixa para os outros

 

Hoje eu sonhei com a gente sentados na beira esperando o fim

Desejei o teu corpo quente e o meu suor nu a se fundir

 

Pensava que precisava de ti

Sonhei contigo e não fui feliz

Olhei pro abismo que habita em mim

Percebo que não se encaixava aqui

 

Eu sigo teus lábios no meu labirinto, te beijo com um puto tesão, te excito

 

Tão gostoso como estou te sentido

Saliência nesse teu sorriso

 

Se quiser eu sento por cima enquanto ouvimos um funk

Termino outra dose de gin enquanto você me lambe

 

Baby eu não sou santo

Jogo outra dose pro santo

É porque eu rebolo tanto

 

Se o copo tá cheio eu derramo uhh eehh eiihhh

 

Distante de ti coloco os meus fones pro canto a partir

 

Meus sonhos são grandes não moram aqui

Já disse o meu foco é evoluir eiih eeiihh

 

Chorando se foi (chorando se foi)

Porque só me fez chorar

Pensei tanto em nós dois

E não parei de pensar

 

Mistura essa liga nativa

Meu batom na sua camisa

Já passou seis anos marquei na sua vida

Nunca neguei, nunca neguei que gostei (Nunca neguei)

Nunca neguei, gosto mais de mim do que qualquer rei

 

Eu sigo teus lábios no meu labirinto, te beijo com um puto tesão, te excito

 

Tão gostoso como estou te sentido

Saliência nesse teu sorriso

 

Se quiser eu sento por cima enquanto ouvimos um funk

Termino outra dose de gin enquanto você me lambe

 

Pensava que precisava de ti

Sonhei contigo e não fui feliz

Olhei pro abismo que habita em mim

Percebo que não se encaixava aqui


Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetadepinheiros.com.br/.