02/08/2019 às 14h54min - Atualizada em 05/05/2021 às 09h46min

Radares nas Avenidas Brasil, Sumaré e Rua John Harrison sofrem verificação

O Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP), órgão do Governo do Estado que tem como finalidade proteger o consumidor, verificou os radares instalados na Avenida Brasil, próximo do número 131, sentido Pinheiros-Ibirapuera. Logo após, foi feita a verificação no radar instalado na Avenida Sumaré, próximo do número 1231, sentido Pinheiros-Perdizes. A verificação será finalizada na Rua John Harrison, oposto ao número 735, sentido Barra Funda-Lapa. Diariamente, o Ipem-SP verifica os radares de velocidade em todo o Estado de São Paulo. Conforme a Portaria Inmetro 544/2014, é obrigatória a aferição uma vez por ano ou toda vez que o equipamento passar por reparo. A aferição no radar leva de 20 minutos até uma hora. A ação envolve os fiscais do Ipem-SP e a equipe da empresa responsável pelo radar. Caso o equipamento seja aprovado, recebe um certificado válido por um ano. Quando há reprovação a empresa fabricante é notificada a corrigir o erro. Em caso de excesso de velocidade, para aplicação de multas, o equipamento precisa estar verificado pelo Ipem-SP. A ação foi realizada pela equipe de fiscalização da regional do instituto da zona oeste da capital. Ipem-SP O Ipem-SP é uma autarquia vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania do Governo do Estado de São Paulo e órgão delegado do Inmetro. Com uma equipe de fiscalização formada por especialistas e técnicos, realiza diariamente, em todo o Estado de São Paulo, operações de fiscalizações rotineiras em balanças, bombas de combustíveis, medidores de pressão arterial, taxímetros, radares, capacetes de motociclistas, preservativos, cadeiras de carro para crianças, peças de roupa, cama, mesa e banho, botijões de gás, entre outros materiais. É seu papel também proteger o consumidor para que este leve para casa a quantidade exata de produto pela qual pagou. Quem desconfiar ou encontrar irregularidades pode recorrer ao serviço da Ouvidoria, pelo telefone 0800 013 05 22, de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou enviar e-mail para: [email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetadepinheiros.com.br/.