28/04/2022 às 21h14min - Atualizada em 28/04/2022 às 21h14min

​Gangue de motoqueiros e assaltantes voltam a atacar toda a região

Motoqueiros ficam observando o movimento em ruas de Pinheiros, Vila Madalena, Butantã e Morumbi para praticar assaltos. Disfarçados de entregadores, eles monitoram as possíveis vítimas para o crime. O modo de operação é sempre similar. Após a escolha, os meliantes abordam e perseguem as vítimas pelas calçadas. Os números comprovam aumento deste tipo de crime e de assaltantes, mesmo em período de pandemia. A insegurança ronda a população.

Depoimentos apontam sensação de insegurança
“A cidade está às traças. O aumento da violência atinge todos nós e temos conhecimento, quase que diariamente, de assaltos praticados na região. Infelizmente poucas pessoas fazem o BO, o que não ajuda nas solicitações de aumento de efetivo policial ( Sim, a SSP trabalha com estatísticas).” E.O. 

“Todo o bairro está correndo risco, mas nas ruas Mateus Grou e Joaquim Antunes tem sido alvos constantes. Policiamento preventivo seria um bom começo.” M.P.

“Os motoqueiros assaltantes está presente atacando os moradores na Av. Corifeu de Azevedo Marques, Vital Brasil e Francisco Morato, no Butantã.”G.A.

“As pessoas não fazem BO infelizmente, só com a comprovação do aumento dos índices de violência o efetivo será reforçado. Para a SSP/SP os índices por aqui estão ‘estáveis’.” E.O.

“As associações de moradores das ruas poderiam promover algo, para conscientizar as vítimas a fazerem BO: comunicados em condomínios, avisos em postes... Isto valeria para moradores, passantes...e quem sabe até inibe os bandidos. Pode causar alarme? Talvez, mas o crime está aí acontecendo...” M.E.

“Independente de BO, a SSP deveria implementar ações de inteligência para coibir a ação dos bandidos em Pinheiros, que vem crescendo assustadoramente. A mídia tem divulgado algumas ocorrências.” P.M.

“As avenidas Giovanni Gronchi e David Ben Gurion, passam por crise pelos roubos constantes da ‘gangue de motos’, que disfarçados, atacam os moradores nas calçadas.” V.C.

“Divido com vocês mensagens que foram enviadas para o AMO Pinheiros recentemente, a respeito de casos de roubo no bairro e imediações. O objetivo é alertar e permitir que os relatos de alguns vizinhos sirvam de exemplo para que tenhamos mais atenção e cuidado nas ruas, no trânsito e ao entrar e sair de casa. É essencial que as vítimas ou testemunhas de alguma ação criminosa, como o roubo, registrem o Boletim de Ocorrência para que o fato seja incluído nas estatísticas da Segurança Pública e, assim, ajude no aumento do policiamento da região e contribua para a redução da criminalidade local. O boletim de ocorrência pode ser elaborado através da delegacia eletrônica (https://www.delegaciaeletronica.policiacivil.sp.gov.br/ssp-de-cidadao/home).” A.P.

“Outra atividade possível para quem quiser (pessoas, associações de bairro e de ruas) colaborar com as ações comunitárias de segurança é participar das reuniões do CONSEG Pinheiros - Conselho Comunitário de Segurança. Os encontros do CONSEG PINHEIROS acontecem toda primeira segunda-feira do mês, às 19h30. Atualmente, as reuniões são on-line e o link para acesso fica disponível no  https://m.facebook.com/consegpinheiros/ Contato: [email protected]” Vizinhança Solidária

“Meu marido presenciou um assalto na Mateus Grou, próximo à Cardeal Arcoverde. Um menino com mochila do IFood tentou assaltar um rapaz passeando com cachorro que conseguiu entrar no portão do prédio dele rapidamente. O ladrão deu um tiro para cima e saiu correndo! Realmente nosso bairro está cada vez pior... e sem policiamento algum! Uma tristeza!” M.N.

“Segunda por volta das 17h também presenciei 3 moleques de bicicleta pegarem o celular de um pedestre, na Arthur de Azevedo. Do meu lado ainda tinha outro cara, que disse que recentemente foi assaltado por um motoqueiro, com mochila de app aqui do bairro. Pinheiros tá difícil.” B.A.

“Há algum tempo temos reivindicado melhoria na segurança no bairro de Pinheiros e Vila Madalena. Nenhuma providência é tomada e os bandidos agem à vontade. Hoje, na Rua Matheus Grou houve dois assaltos cometidos por bandidos camuflados de entregadores de aplicativo.” A.M.
Comunidade faz abaixo-assinado ao Comandante da 1ª Cia do 23º BPM

“Nós, moradores do bairro de Pinheiros e adjacências, vimos por meio deste, solicitar providências em relação à atuação da Polícia Militar na região. Por meio do site da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (www.ssp.sp.gov.br/estatística/pesquisa.aspx) é possível verificar que, de janeiro a março de 2022, já aconteceram 801 casos de roubos em Pinheiros, sendo que o número está aumentando a cada mês (181 / 290 / 330).
O aumento de furtos, roubos e invasões de domicílios é relatado diariamente em diversos grupos de convivência. O problema não vem de hoje, o bairro tem sofrido com a ação de criminosos, muitas vezes violentos.  Infelizmente nenhum desses roubos, invasões e furtos tem sido resolvidos, mesmo com a realização de boletins de ocorrência. A situação piorou a olhos vistos nos últimos meses e a população se sente completamente indefesa e insegura em transitar no bairro, mesmo durante o dia.
Aos sábados, na região da Feira da Praça Benedito Calixto, não se vê patrulhamento na região com frequência suficiente para inibir a atuação dos bandidos, que agem livremente, na certeza da impunidade, e agora usam motos e bicicletas, fingindo serem entregadores de aplicativos, para cometer os delitos. O mesmo ocorre na região dos Predinhos da Hípica, região tombada incluindo a Escola Estadual Fernão Dias. O local parece ter se tornado preferido pelos bandidos que encontram facilidade em escapar. Novamente uma comunidade em completo desassossego. Este abaixo-assinado tem por objetivo expressar a indignação de todos os moradores e frequentadores do bairro de Pinheiros e adjacências, em relação a situação precária e perigosa que a região está passando, e contra a qual clamamos por providências. Finalmente solicitamos a avaliação de uma base comunitária em local estratégico a ser estudado. A situação claramente exige. Assine a Petição, compartilhe com amigos e vizinhos, por favor!” E.O.
https://secure.avaaz.org/community_petitions/po/associacao_dos_amigos_e_moradores_dos_predinhos_de_seguranca_em_pinheiros/?zMkLiab

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetadepinheiros.com.br/.