05/08/2021 às 22h29min - Atualizada em 05/08/2021 às 22h29min

Leitor Escreve - 06/08/2021

Aviso de sequestro na capital “Julho de 2021, sequestro em SP Capital, na Rua Tomás Carvalhal quase esquina com a Rua Tutoia, logo abaixo do prédio em construção. Bandidos disfarçados de policiais. Estão sequestrando as pessoas e fazendo abrirem os celulares com app de bancos e fazendo pix.” A.M. Parece que a pandemia acabou “Hoje (17/7) a noite promete.... Agora as 20h15 a Rua Guaicui lotada e a Pe Carvalho ja metade da pista tomada por pessoas e ambulantes com as malditas caixas de som tocando lixo em alto volume.  Largo da Batata também cheio e com ambulantes....” J.M.R. Abandono de terreno na Vila Madalena “A casa para alugar, abandonada, a pandemia e a falta de fiscalização da subprefeitura propiciaram o estrago. A calçada (esq. das ruas Wisard e Madalena), como outras no bairro - tomada  pelo mato e lixo -, estava intransitável. Um homem comum, sem preparo, foi contratado pelos responsáveis do imóvel para carpir, limpar a via. Eis que, num determinado golpe de facão, atinge uma tubulação soterrada de água, provocando um pequeno furo, quase imperceptível.  Até os técnicos da Prefeitura chegarem para estancar o desperdício de água, se passaram três dias. Danos e perdas que poderiam ser evitados com engajamento e responsabilidade da população e poder público” Blog Vila Madalena. Prefeitura responde A Prefeitura de São Paulo, por meio da Subprefeitura Pinheiros, informa que realizará uma vistoria ainda esta semana no terreno particular mencionado pela reportagem.  Constatadas irregularidades em relação ao terreno, o proprietário será notificado de acordo com a Lei 15.442/11, que dispõe que os responsáveis por imóveis, edificados ou não, lindeiros a vias ou logradouros públicos, são obrigados a mantê-los limpos, capinados e drenados, respondendo, em qualquer situação, pela sua utilização como depósito de lixo, detritos ou resíduos de qualquer espécie ou natureza. O valor da multa é de R$ 6,63 por metro quadrado do imóvel, reaplicável a cada 60 dias. Cuidado com as fogueiras “Com a chegada do tempo seco, aumenta o número de fogueiras em áreas verdes. Não é raro que em alguns quintais (e mesmo em nossas praças) se acenda fogo para entrar no espírito junino ou julino. Além de ser perigoso e de sujar o bairro, fazer uma fogueira pode ser considerado crime. Segundo o artigo 54 da Lei do Meio Ambiente (Lei Federal 9 605, de 12/2/98), “é crime causar poluição, de qualquer natureza, em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora”. Ajude a preservar nossas praças e a qualidade de vida em nosso bairro. Não faça fogueiras!” SAAP Aglomerações na praça “Só cresce! Ninguém merece! A praça Benedito Calixto foi entregue a própria (falta de) sorte com a ocupação desenfreada, escandalosa e ruidosa. A ausência do poder público leva esse pequeno espaço verde a um destino, inevitável, de degradação irreversível “. R.C. Barulho de prédios “INSUPORTÁVEL O PRÉDIO NA RUA CARDEAL ARCOVERDE 1745 FAZENDO OBRA TODO SANTO DIA APÓS AS 18 HORAS, alegam que tem alvará da prefeitura, mas não pensam nos moradores e idosos que tem nos diversos prédios residenciais ao redor, já foram feitas diversas denúncias em tudo quanto é lugar e nada se resolve, INSUPORTÁVEL viver em um canteiro de obras sem eu querer, o próprio zelador do prédio fala que pode chamar polícia, prefeitura, fiscalização, e até o papa se quiser, que eles NUNCA vão parar de fazer obras, ou seja, o morador que se lasque”. G.A. Você já visitou a Biblioteca Pública Municipal Álvaro Guerra? Um dos nossos espaços culturais, está localizado na Av. Pedroso de Moraes, 1919, no bairro de Pinheiros, na Zona Oeste da cidade. Inaugurada em 1955, a biblioteca tinha como objetivo inicial atender o público infantil e adolescente da região. Com o passar dos anos, a frequência de estudantes que utilizam o espaço como local de pesquisa e estudo foi tão grande, que precisou passar por reformas para ampliação. Em 1973 a Biblioteca Infantil de Pinheiros foi renomeada passando a se chamar Biblioteca Infanto-Juvenil Álvaro Guerra, em homenagem ao grande educador e poeta brasileiro, e em 2016 para Biblioteca Pública Municipal Álvaro Guerra, depois de ser totalmente remodelada. O espaço foi reinaugurado como a primeira biblioteca-modelo e como referência para toda a rede municipal, sendo projetada seguindo os eixos do programa Biblioteca Viva, buscando revitalizar as bibliotecas municipais de São Paulo, apostando no papel cultural do livro e na importância do incentivo à leitura na formação dos cidadãos paulistanos. ACSP fecha Campanha do Agasalho com 146.919 peças arrecadadas A terceira edição da Campanha do Agasalho da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) acabou no último 15. A ação social, coordenada pelo Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura (CMEC), ultrapassou a meta proposta com 146.919 itens entre agasalhos e cobertores. Trabalho com todos no Butantã A Subprefeitura do Butantã informa que após o retorno, Paulo Vitor Sapienza está caminhando por todas as regiões do subdistrito e ouvindo as demandas das lideranças comunitárias. “A participação popular sempre foi a principal marca de nossa gestão, sendo este o primeiro ponto a ser retomado na administração regional. Neste final de semana estivemos na ‘Comunidade do Gelo’, onde analisamos os projetos de hortas comunitárias, que serão mantidas pela população local, bem como no Jardim Jaqueline, confirmando obras urgentes de futura praça para o bairro.” A Subprefeitura informa que Sapienza atendeu líderes comunitários e presidentes de associações de bairro, que agradeceram o atendimento das demandas locais. “Estamos empenhados na interlocução com a sociedade, que renderá um resultado positivo para os governos do Prefeito Ricardo Nunes e do Governador João Doria.”, concluiu o subprefeito. Espaçolaser recebe o Prêmio WEPs Brasil 2021- O Prêmio WEPs Brasil tem por propósito reconhecer e premiar empresas que fazem esforços para promover a cultura da equidade de gênero e o empoderamento da mulher no Brasil. Essa é uma iniciativa reconhecida pela ONU por meio do United Nations Global Compact - ONU Mulheres. A Espaçolaser foi reconhecida como empresa que realizada esses esforços para equidade de gênero e empoderamento feminino nas empresas. Uma empresa onde 96% dos colaboradores são mulheres e 93% dos cargos de liderança e gestão são ocupados por mulheres. Grande ato ocorreu na região Comunidades na luta pela reivindicação dos direitos ocorreu dia 30 de julho por alimento na mesa, trabalho e renda. O trajeto do ato teve uma caminhada da ponte Peri Peri até a Subprefeitura. Olimpíada traz medalha no tênis “Não sei nem por onde começar. Que demais, essas duas são mais do que merecedoras dessa medalha. Um bronze que vale ouro. Que vitória, nunca se entregaram e foram superando desafios grandes em todos os jogos. Salvaram 4 match points e com uma garra incrível, viraram o jogo  e fecharam no primeiro que tiveram. Muito orgulho delas. Parabéns meninas Luísa Stefani e Laura Pigossi e que jornada D. Mello e Eduardo Frick, bronze na cabeça” Jaime Oncins, equipe olímpica de tênis no Japão


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetadepinheiros.com.br/.